Amor de mãe: confira 5 dicas de uma odontopediatra para os cuidados da saúde bucal da criança durante e após a gestação

1 – Cuidados antes do bebê nascer

Toda futura mamãe precisa saber que, durante a gestação, existe uma série de alterações hormonais que podem proporcionar infecções no meio bucal. Por isso, é importante que toda grávida procure um dentista para avaliar como anda a saúde do seu sorriso. “O pré-natal odontológico tem o objetivo de orientar as futuras mamães quanto ao controle da dieta, cuidados com relação as alterações hormonais, amamentação e primeiros cuidados com a saúde bucal do bebê”, afirma a especialista. Detectar e tratar doenças orais precocemente também estão na rotina deste profissional.

Lembre-se: A higiene oral feita de forma adequada é a melhor maneira de prevenir o aparecimento de lesões cariosas, gengivite e periodontite.

2 – Primeiros passos da higiene oral

A primeira higiene do bebê também é muito importante. A limpeza da boca precisa ser feita apenas com o auxílio de uma gaze ou fralda umedecida com água filtrada. “Isso é essencial para a remoção de leite que fica estagnado na boca do bebê”. Além de ser um bom começo para introduzir o hábito de higiene bucal nos pequenos. Em crianças que já possuem dentinhos, a recomendação é a higiene bucal, no mínimo, 3 vezes ao dia. “Uma boa escovação para uma criança que já possui a dentição decídua completa deve durar no mínimo 2 minutos e a escova deve percorrer todos os dentes e suas faces”, diz.

3 – Alimentação saudável e um belo sorriso

O leite materno é o melhor alimento para os primeiros meses de vida da criança. Já na fase da introdução de alimentos, é importante oferecer algo bem saudável como frutas, verduras e legumes. Procure sempre ofertar essas refeições na sua forma natural, sem adição de açúcar. “O paladar dos bebês está em formação até os dois anos de idade, se desde pequeno a mãe oferecer alimentos açucarados, poucas verduras e legumes, essa criança terá hábitos alimentares ruins e maiores chances de desenvolverem cárie na dentição decídua”, atenta Simone. O exemplo e os ensinamentos de uma mãe fazem toda a diferença em nossas vidas, né?

4 – O ritual higiênico antes de dormir

A última escovação, aquela que fazemos antes de dormir, é a mais importante de todas, sabia? Na hora do sono, a musculatura facial fica relaxada, a boca costuma ficar entreaberta e o fluxo salivar tende a diminuir por isso. “Todos esses fatores levam a um ambiente altamente favorável para a ação dos ácidos bacterianos na superfície dentária”. Praticando uma boa higiene com todas as ferramentas, o universo bucal do seu filho fica mais protegido. “O conjunto de ações mecânicas com o uso do fio dental e escova com creme dental fluoretado, diminui o índice das bactérias no período noturno por um tempo prolongado”.

5 – A importância do fio dental

“O fio dental deve ser utilizado pelos menos uma vez ao dia de preferência na última higiene bucal, pois a boca permanecerá limpa por mais tempo”, garante a odontopediatra. A partir do nascimentos dos primeiros dentinhos, você já pode começar a introduzir o hábito de utilizar o fio dental nos pequenos. Ensinar boas técnicas de higiene oral é a melhor forma do seu filho ter um sorriso saudável e bonito por bastante tempo. Faça uso de elementos e brincadeiras para ensinar esse hábito se for preciso, só não deixe que seu filho sofra as consequências de uma má higiene bucal.

Fonte: Portal Mães e Filhos

 

Publicado por


Comentários no Facebook